Fale Conosco

4 Tendências Inovadoras de marketing para o setor de tecnologia

   02 Março, 2016 / por Caio Cunha

|
|
4 TENDENCIAS INOVADORAS DE MARKETING PARA O SETOR DE TECNOLOGIA INBOUND MARKETING

Assim como o universo da tecnologia, dos softwares e dos hardwares, o marketing, em especial o digital, é uma das áreas de uma empresa que mais se renova,  trazendo novidades constantes. É essencial para o bem da sua marca estar sempre de olho em quais são as novas tendências e em como elas podem ajudar o seu negócio. Essa ajuda pode ser, desde o aprimoramento dos processos de marketing e de relacionamento com o consumidor de forma unificada (melhorando a percepção da sua marca), até adotando novas técnicas de geração de leads  que ajudam a aumentar o  número de contatos interessados em saber mais de seus produtos. O objetivo é conseguir sempre  estar à frente da concorrência.


4 Tendências Inovadoras de marketing para o setor de tecnologia

Já é consenso, por exemplo, que o marketing digital e suas estratégias estão sendo cada vez mais valorizadas e reconhecidas por médias e grandes  empresas. Em 2013 a WemDAM mensurou que 55% dos profissionais de marketing no mundo aumentaram o  orçamentos em marketing digital de suas empresas e, segundo a Webbiquity, 71% das empresas planejaram voltar a crescer também em 2015. Ou seja, o crescimento nesses investimentos vem sendo contínuo.

Leia também: Qual deve ser meu budget de marketing digital em 2016 e o que ele deve englobar?

Entretanto, apesar de o universo online do marketing estar cada vez mais ocupado, algumas estatísticas mostram que ainda há bastante espaço para oportunidades de crescimento nesse mercado. Segundo a Satmetrix, 75% das empresas B2B não mensuram ou quantificam o seu engajamento social, além de que apenas 20% dos profissionais de marketing classificam sua comunicação digital como sendo um nível avançado. 45% das empresas também não possuem uma estratégia de marketing digital clara e definida, como mostra outra  pesquisa desenvolvida pela Smart Insights.

É neste momento que a sua empresa de tecnologia deve olhar para 2016 como um ano de renovação e progresso, ainda que o cenário econômico brasileiro não esteja em seus dias mais favorecidos - o que já mostramos aqui ser um momento de inovação e, claro, vendas.

Conheça as tendências de marketing que irão definir as estratégias digitais da sua empresa de TI nesse ano:

1. Inbound Marketing: o marketing que as pessoas amam

O Inbound Marketing não é uma novidade deste novo ano, mas a estratégia vêm conquistando mais adeptos, mostrando seu verdadeiro valor e se aperfeiçoando. Como mostra a WebDAM, o Inbound Marketing gera 54% mais leads que o marketing tradicional. Além disso, as empresas B2B que possuem blogs geram 67% mais leads do que as empresas que não têm.

São resultados como estes que ajudam a prever que em 2016 a metodologia de atração ganhará ainda mais popularidade e efetividade. De acordo com a pesquisa “State of Inbound 2015” do Hubspot, 75% das empresas disseram ser o Inbound sua abordagem de marketing preferida.

Inbound Marketing

Então o que muda em 2016? Ainda que as empresas venham aumentando seu investimento e tempo em produção de marketing de conteúdo, ainda falta qualidade. 2016 é o momento de aprimorar e capacitar a sua equipe de marketing, de forma que todo conteúdo desenvolvido por eles atenda às necessidades dos seus clientes e possíveis clientes, gerem leads efetivos e criem um relacionamento com o público, sempre com informação da melhor qualidade e dedicação. Lembre-se o consumidor e suas necessidades são o centro dessa estratégia!

Além disso, continuará sendo investido cada vez mais na automação de marketing por meio de softwares. Essas ferramentas são extremamente práticas por permitirem que empresas produzam, publiquem e comercializem em maior escala, como e-mails enviados em horários específicos e para  categorias de usuários pré-definidos e programados, postagens de redes sociais sendo agendadas, campanhas monitoradas de forma remota, contatos de leads integrados à área de vendas e muito mais.

2. Aumento das campanhas em vídeo: conteúdo atrativo e que conversa com o seu público

O investimento em vídeos já havia crescido em 2015, mas ainda neste ano ele continua a aumentar, tendência que surge pela popularização do YouTube, que no ano passado foi o segundo aplicativo mais utilizado em mobile. O Facebook, também trouxe a reprodução automática dos vídeos presentes na timeline dos usuários, ainda que sem áudio. Apenas nesta última rede social, mais de 1 bilhão de vídeos são assistidos por dia, dos quais  65% deles em mobile.

As campanhas em vídeos possuem a grande vantagem de contarem histórias de forma rápida, visual e sonora, o que é mais interessante para um usuário que está em um momento de descontração e lazer em sua timeline. Essas campanhas ganham de textos e de simples imagens neste contexto. Segundo o Hubspot, o uso de vídeos em sites de e-commerce já vem trazendo ótimos resultados: a quantidade de produtos nos carrinhos de compra cresceu em 174%.

Além disso, recentemente o Google passou a incluir vídeo no algoritmo de seu motor de busca, o que se torna um enorme passo para valorizar tal tipo de publicidade das empresas que utilizam esse artifício nos resultados da busca orgânica.

3. Investimento em aplicativos: a experiência do usuário no centro das atenções

2016 promete ser um momento importante para o investimento em aplicativos por parte de empresas. Isso acontecerá pela novidade que veio com o novo algoritmo do Google, lançado em abril de 2015, que ao valorizar sites com interfaces responsivas também passou a utilizar informações de aplicativos como fator de indexação no buscador, principalmente quando a busca é feita no próprio mobile. Desde então, a indexação de aplicativos decolou, deixando empresários e profissionais de marketing surpresos. Dessa forma, para conseguir ganhar confiança do Google, as empresas deverão passar a investir em aplicativos com conteúdo de qualidade e informativos, que agrade cada vez mais seu consumidor.

4. Assistentes pessoais: as pesquisas com cara nova

Assistentes Pessoais, como Siri (Apple) Google Now (Android) e Cortana (Windows Phone), surgiram para ajudar os usuários de tablets e celulares a resolverem questões de forma mais rápida, utilizando o comando da voz, tanto em seus próprios aparelhos quanto para buscas realizadas na internet. A Cortana, por exemplo, é ligada diretamente ao Bing e ajudou o buscador a alcançar 20% da população brasileira durante suas pesquisas, segundo dados divulgados pela equipe do buscador.

Esses assistentes pessoais ganham, então, enorme peso para os buscadores e devem ser considerados em uma estratégia de SEO, por exemplo. Para as empresas, torna-se fundamental que os detalhes do seu negócio, produto ou serviço sejam facilmente encontrados pelos assistentes virtuais, otimizando as respostas para os seus consumidores.


É claro que nenhuma dessas tendências substituem completamente as estratégias de marketing digital que já estamos habituados, como o SEO, o PPC e o e-mail marketing. Na verdade, como vimos em alguns tópicos, elas se unem e fazem parte de uma estratégia global. O Inbound Marketing, por exemplo, depende do marketing de conteúdo para atrair público para   o seu site, do SEO, para abrir essas portas para os clientes, o e-mail marketing, para nutrir esses clientes e ainda o marketing de automação, para garantir a inteligência do processo e a gestão holística das campanhas.

Assim, não há uma estratégia que seja melhor ou mais correta para sua empresa e sim uma combinação de ações que, se pensadas e planejadas de forma integrada, podem ajudar a crescer o seu negócio e a colher os frutos esperados!

Soluções Inbound


Imagem_assinatura.png

Sobre o autor:
Caio Cunha | Co-Founder WSI Consultoria

Executivo Internacional com experiência em capacitação empresarial, estratégias de Marketing Digital e Inbound Marketing. Tem como desafio cotidiano a busca por soluções efetivas para empreendedores e gestores que pretendem crescer e expandir seus negócios.

linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com 

Tópicos: Inbound Marketing