Fale Conosco

Porque MÍDIA SOCIAL?

   12 Agosto, 2015 / por Caio Cunha

|
|
PORQUE MIDIA SOCIAL MARKETING

A resposta para essa pergunta é muito simples: porque não existe aspecto comercial, logístico ou financeiro que não tenha se modificado com o advento da democratização da Internet. Não importa o segmento de atuação, tamanho nem disposição geográfica de uma empresa, se esta não estiver preparada para a revolução social da internet, com toda certeza, terá sérios problemas frente a concorrência.


porque-midia-social

ROI

Os benefícios da mídia social como ferramenta de marketing são os mais diversos: branding, comunicação com seus clientes, geração de leads e novas oportunidades, pesquisa de mercado, benchmark com os concorrentes (análise competitiva) e monitoramento da marca. A lista quase não tem fim, porém,  para que percebam o verdadeiro retorno dos investimentos nas mídias sociais, os resultados dessas soluções devem ser compilados e analisados por profissionais que possuam tempo e esforço para dominá-las.  Não recomendamos que a tarefa seja simplesmente delegada a um estagiário sem muita experiência na função. Não é porque ele utiliza as redes sociais diariamente que ele necessariamente compreenderá os resultados e saberá mudar as ações para maneiras mais eficientes de marketing digital.

 

Política de Mídia Social

Toda empresa deve ter uma política de mídia social. Essa política consiste de um documento que define as diretrizes e princípios corporativos de comunicação com o público usando as plataformas de mídia social. A política se aplica a todos os funcionários e deve ser respeitada em todos os momentos, durante e fora do horário de trabalho. Isto porque, os funcionários devem estar cientes que qualquer menção à empresa deverá ser feita de forma responsável. Essa política deve evoluir gradualmente, acompanhando as atualizações das redes sociais, e deve incluir temas como: confidencialidade, práticas recomendadas de comunicação e respeito à marca.

 

Como fazer o bom uso das Mídias Sociais

Existem algumas práticas que a WSI aconselha quando falamos de Mídias Sociais para as empresas:

o   Seja honesto.

o   Escreva sempre em primeira pessoa e o conteúdo publicado deve vir acompanhado de um aviso como, por exemplo,  “As postagens neste site são minhas e não necessariamente representam o posicionamento da empresa ABC, nem sua estratégia de negócios.”

o   Se comunique com os leitores como falaria com pessoas reais em situações profissionais.

 

Facebook

O facebook já conta com mais de um bilhão de usuários ativos e pode ser utilizado para:            

o   gestão da marca

o   aproximação com os clientes

o   geração de tráfego

o   reputação digital

o   conquista de novos clientes

o   geração de oportunidades

o   manutenção de clientes existentes

o   ferramentas publicitárias

E serve ainda como uma espécie de grupo focal (focus group) digital para compreender informações sobre o mercado.

 

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social 100% segmentada para uso relacionado a negócios. Por isso, ela é uma rede social que possui fins bem direcionados como: busca de empregos, troca de experiências e conhecimentos profissionais, divulgação de vagas e análise do perfil de negócio. Agora, o LinkedIn não aceita contatos frios.

Para otimizar o uso do LinkedIn deve-se: ampliar a rede de contatos, engajar-se em grupos, criar ou participar de comunidades, fornecer auxílio a outros profissionais e pode ainda ser utilizado como forma de ferramenta publicitária. Considerando que, em muito dos mercados onde o LinkedIn atua, mais de 70% dos tomadores de decisão das organizações estão com seus perfis ativos nessa rede social, divulgar algo neste meio possui grande probabilidade de retorno.

 

Twitter

O Twitter é uma rede social comumente considerada como um micro blog. Como esse blog é atualizado continuamente, deve conter conteúdo sempre novo para atrair e gerar engajamento dos seus seguidores.

Utilizar o Twitter profissionalmente pode ser muito interessante. Ele pode ser utilizado como um SAC digital visto que muitas pessoas o usam para obterem sugestões e reclamações de produtos e serviços. Serve também como uma ferramenta de relações públicas e serve ainda como uma ferramenta de desenvolvimento e pesquisa para uma empresa. Para que sejam eficientes, algumas atitudes que a companhia pode tomar são: seguir perfis de interesse, criar posts de qualidade, completar todas as informações do seu perfil, utilizar contatos pré-existentes e ainda aproveitar as mensagens diretas do Twitter.

 

Você leu o resumo sobre o 7º capítulo, leia agora o resumo dos outros capítulos:

Capítulo 1: O Cenário Digital: Estrutura e Estratégia

Capítulo 2: Marketing de conteúdo é o rei

Capítulo 3: Links patrocinados: Consiga novos clientes mais rápido do que imagina!

Capítulo 4: Otimização de Landing Page:É questão de Psicologia, não de Tecnologia!

Capítulo 5: Publicidade em Display: O que você pode estar perdendo!

Capítulo 6: Otimização de websites para Buscadores (SEO): Ainda em voga!


Gostou do resumo sobre o sétimo capítulo do livro Digital Minds? Você pode ler esse e os outros capítulos baixando nosso e-book gratuitamente!

Livro Digital Minds


 

Tópicos: Mídias Sociais

Excel ROI

Posts Recentes

Newsletter