Fale Conosco

Será que você está gastando dinheiro em anúncios que não funcionam?

   07 Março, 2016 / por Ana Luiza Cunha

|
|
SERA QUE VOCE ESTA GASTANDO DINHEIRO EM ANUNCIOS QUE NAO FUNCIONAM LINKS PATROCINADOS

A forma mais tradicional e assertiva de se fazer publicidade sempre foi por meio de anúncios. Desde os primeiros, publicados nas páginas dos jornais, passando pelos de rádio e televisão, até quando passamos a anunciar na internet, esse sempre foi um método bastante eficaz de se comunicar com seu público-alvo.

Entretanto, o que acontece quando um anúncio não traz o retorno esperado? Neste caso, o problema deve estar na estratégia de marketing na qual este está inserido, e ela deve ser revista, caso contrário, o dinheiro do orçamento do departamento de marketing continuará saindo pela janela. Como otimizar campanhas no adwords? Selecionamos alguns erros comuns em relação a anúncios na internet, que podem te ajudar a compreender se você está gastando dinheiro com propaganda que não funciona.


shutterstock_256946860.jpg

1. Link que direciona o cliente para a home do site

Quando o seu cliente se depara - seja em uma rede social ou mesmo no Google - com um anúncio de um produto seu e clica para saber mais à respeito, ele quer chegar até ele no menor número de cliques possível. Direcioná-lo para home, onde ele terá que perder tempo procurando aquele produto que o atraiu, é um erro muito grave, pois faz com que o usuário simplesmente saia da sua página sem comprar nada, ou procure o concorrente, o que ainda é pior. Caso isso esteja acontecendo com seus anúncios, cuidado, pode ser este o motivo que está afastando os consumidores e fazendo com que você gaste dinheiro com anúncios que não trazem resultado.

 

2. Meu anúncio é o primeiro resultado apresentado pelo Google

Você vê como algo positivo o fato de sua empresa ser a primeira nas pesquisas dos principais buscadores? Acredita que, definitivamente, esse não é o motivo de seus anúncios não estarem trazendo o resultado esperado? Cuidado, você pode estar errado.

O primeiro resultado dos anúncios funciona como uma espécie de “boi de piranha”, ou seja, um número enorme de pessoas entra em seu site, pois ele é o primeiro a aparecer na pesquisa; porém, muitos deles clicam sem ao menos ler o anúncio, o que pode gerar alguns equívocos e fazer com que a pessoa volte ao buscador para retomar suas buscas. Sendo assim, você paga pelo clique daquele usuário e tem a ilusão de que tudo vai bem com as visitas em seu site, mas nenhum negócio ou compra é gerada dessa visita. Os usuários simplesmente passam pelo seu site.

Leia também: Você sabe quantas pesquisas são feitas no Google sobre o seu negócio?

 

3. Palavras-chave mal utilizadas

A seleção das palavras-chave é essencial para o sucesso da campanha de PPC (pay-per-click, ou seja, links patrocinados), logo, se os seus anúncios não estão trazendo o retorno necessário, certifique-se de que as keywords estão direcionando o seu público para o seu site.

Para não errar mais nesse quesito, não escolha muitas palavras, e evite ao máximo ou tome muito cuidado com  aquelas com significados ou usos muito abrangentes.

Por exemplo, caso você tenha uma franquia de escola de inglês e queira atrair mais alunos, não escolha a palavra “curso”. Nesses casos, é melhor utilizar a técnica do long tail (cauda longa), ou seja,  utilizar expressões maiores e mais específicas, como: “curso de inglês em São Paulo” ou “curso de inglês para executivos”. Assim, você direciona sua pesquisa a fim de qualificar melhor o público que acessa seu site.

Pode haver exceções em que você vai precisar utilizar uma palavra de cauda curta, para amadurecer a campanha, aprender com o que está sendo digitado e otimizá-la com mais conhecimento. Mas, tome cuidado, não dê lances altos, acompanhe de perto para não desperdiçar sem obter conversões.

Seu foco tem que ser nas palavras que trazem conversões.

 

4. Organização dos grupos de anúncios

Outro erro bastante comum em campanhas de links patrocinados, que pode gerar anúncios que não trazem receita, é quando não há uma organização em grupos de anúncio, e esses anúncios ficam misturados e genéricos demais. Ou seja, não são agrupados  pelas palavras-chave similares, com o texto do anúncio escrito de forma atraente e direta para aquele grupo específico de palavras e com o link levando a uma página que contenha a informação exatamente sobre o que foi digitado. Quando bem organizada a campanha, o usuário vai se sentir atendido e o Google também vai dar uma nota alta para o índice de qualidade do anúncio Adwords, o que vai contribuir para baixar o custo por clique ou CPC.

Vamos supor que você tenha um e-commerce que venda tênis. É possível separar a palavra-chave nos seguintes grupos: tênis de corrida, tênis de futebol, tênis infantil, etc. Dessa forma, assim que seu possível cliente faz uma pesquisa no Google, por exemplo, tênis infantil, seu anúncio logo aparece “Tênis Infantil em Oferta”. E, se ao clicar, ele cair numa página que contém somente tênis para crianças, você estará respondendo à sua pesquisa e, consequentemente, agradando.


O link patrocinado é uma boa ferramenta quando integrada a uma estratégia de marketing bem feita, que sabe como tirar o melhor dos anúncios na internet. O Google é líder entre os buscadores mas você pode e deve procurar saber sobre outras possibilidades, como o Bing, por exemplo e, conforme for o volume, o investimento disponível, deve testar sua campanha em outras plataformas.

Independente do canal escolhido para criar seus anúncios, o que deve ser pensado estrategicamente, é necessário que você saiba lidar com a ferramenta em questão e, mais ainda, é fundamental traçar uma estratégia bem estruturada de links patrocinados. É muito fácil colocar uma campanha no ar e receber cliques, mas você não pode se distrair, pois é muito fácil desperdiçar seu investimento ambém. É preciso tirar o máximo proveito da campanha.

Caso sua empresa não esteja alcançando os resultados esperados com seus anúncios na internet, talvez esteja na hora de mudar o direcionamento da sua campanha.

Campanha Adwords

 

assinatura_ana-.pngSobre o autor:
Ana Luiza Cunha Consultora de Marketing Digital WSI Consultoria

Experiência em Gestão de Projetos de TI, ingressou em Marketing Digital em 2009, tendo se especializado em Inbound Marketing e SEO (Otimização de Sites), sempre com a intenção de entregar os melhores resultados para seus clientes.

linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: analuiza@wsiconsultoria.com 

Tópicos: PPC

-->