Blog

Seu site está pronto para vender 24 horas por dia?

Publicado por Ana Luiza Cunha em 13/mai/2016 17:28:12


Em tempos em que as pessoas passam mais de um quarto do seu tempo diário em frente a uma tela com acesso à internet, as empresas que não desejam perder oportunidades de negócio, devem por obrigação estar preparadas para vender seus produtos online 24-7. Dessa forma, é interessante garantir a eficácia da sua campanha de SEO, a fim de garantir uma boa posição nos resultados nas páginas de busca.


Seu_site_est_pronto_para_vender_24_horas_por_dia.jpg

Para que a composição de uma campanha de SEO se torne bem sucedida, as atenções não devem estar voltadas somente para a criação de um conteúdo de qualidade, mas também para uma parte técnica bem feita.

Uma pesquisa realizada em 2014 pela Mary Meeker Internet Trends mostrou que o brasileiro gastava, na época,  em média 361 minutos diários em frente às telas de computadores, tablets e celulares. Estes dados representam mais de seis horas diárias em frente a uma tela! Isso acontece praticamente 24 horas por dia pois alguns permanecem online até altas horas, outros se conectam desde cedo. Uma parcela desse tempo gasto online certamente é usada para fazer buscas no Google e outros sites, com a possibilidade de pesquisar e efetivar a compra de produtos. Visto que grande parte das buscas por um produto são realizadas nos buscadores e não diretamente nos sites das lojas, é fundamental que as empresas compreendam que aparecer nos primeiros resultados para as palavras-chave de seu negócio pode representar uma grande variação na quantidade de leads e vendas completas.

Então, o que você pode fazer para estar disponível para seus clientes 24 horas por dia?

A criação de uma campanha de SEO deve conter dois lados:

Conteúdo e Técnico.

Conteúdo / Técnico

No primeiro, deve-se garantir que a empresa está criando conteúdo de interesse do público-alvo e que está alimentando a rede com conteúdo relevante constantemente. “Relevante” é um termo importantíssimo pois a repetição de temas e a criação de coisas que não despertem interesse não trará resultados para a campanha, será apenas um gasto de tempo desnecessário. Além disso, o conteúdo deve estar muito bem estruturado, textos não podem ser longos e sem uma diagramação agradável, devem sempre utilizar bullet points, cores para destaque e diferentes tamanhos de letra para reforçar títulos e sub-títulos de textos. Tudo isso serve para atrair a atenção e oferecer uma boa experiência para o usuário.

Já no lado Técnico, a empresa deve centralizar os esforços na otimização de sites e blogs. A otimização consiste em deixar o site amigável para os mecanismos de busca, ou seja, deixá-lo em um formato que o buscador entenda que o seu conteúdo e seus produtos vão ser a resposta para o que os usuários estarão procurando quando utilizarem as palavras-chave. Nesta etapa devem-se fortalecer algumas partes:


URL

A url das páginas do site deve conter as palavras-chave  que sejam pertinentes ao negócio e que estejam presentes no corpo do texto pois assim os buscadores compreendem que o conteúdo realmente tem relação com o que o usuário procura. A URL não deve conter números ou caracteres aleatórios.

 

Título do Texto

É o que aparece na primeira linha de cada item na página de resultado de busca.

Titulo do Texto

Ao criar um conteúdo para ser exposto, deve-se pensar bem no título que será utilizado pois ele será uma das partes mais importantes não só para o buscador favorecer o site nas páginas de resultados, como para chamar a atenção do usuário para receber o clique. O título deve possuir bom destaque no texto e é fortemente recomendável que  contenha a palavra-chave de interesse.

Leia também: As Mudanças no cenário do SEO e como ele pode afetar sua empresa

 

Descrições

Toda página na web deve possuir uma descrição, . Caso a descrição  não seja especificada na área devida (meta dados) , o Google buscará  um trecho dentro da página para exibir nessa área. A descrição não influencia no ranqueamento, mas pode ser decisiva para atrair o clique do usuário. Portanto, deve ser elaborada com esse cuidado uma vez que essa descrição torna  a página mais atraente,  se ficar claro o que ela contém e se houver uma chamada para a ação. Recomendamos que o texto não supere 156 caracteres  que é o suficiente para ocupar as duas linhas e também é o limite que o Google utiliza quando escolhe parte do texto que compõe a página na ausência da descrição explícita.

Descrições.png

 

Nome das Imagens

A tag alternative text é um atributo de uma imagem e tem algumas características: Aparece quando uma imagem não pode ser aberta, serve para deficientes auditivos (softwares especiais "leem" esse texto) e também é utilizada pelos robôs para identificar o que a imagem representa. e. Por isso, no código do site deve-se sempre especificar essa tag  de texto alternativo que explica a imagem exibida, o nome do produto e deve conter uma palavra-chave.

Todas as informações que são acrescentadas nesta parte técnica tem como objetivo indicar aos buscadores como "ler" o site, de modo que tenham cada vez mais certeza de que o conteúdo do deste tem relação com a busca realizada e vai ser a resposta certa para o que o usuário está procurando. A intenção dos buscadores é serem cada vez mais efetivos para garantir que as pessoas queiram utilizá-los. Ou seja, o Google e os demais sites de busca querem agradar o usuário. Você também quer agradar o usuário? Sendo assim,  se preparar para o ranqueamento da sua empresa é pensar no que melhor afeta o seu usuário.


Você precisa atrair mais tráfego para o seu site?


Assinatura

Sobre o autor:
Ana Luiza Cunha Consultora de Marketing Digital WSI Consultoria

Experiência em Gestão de Projetos de TI, ingressou em Marketing Digital em 2009, tendo se especializado em Inbound Marketing e SEO (Otimização de Sites), sempre com a intenção de entregar os melhores resultados para seus clientes.

linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: analuiza@wsiconsultoria.com 

Tópicos: SEO

Precisa de ajuda com sua estratégia de Marketing Digital? 

Ebook: 30 dicas para Lead Generation

Saiba mais sobre:

  • Conteúdo e ofertas;
  • Chamadas (Call to Actions)
  • Landing Pages

Baixe este ebook gratuitamente e comece a gerar mais Leads!

Ebook Lead Generation

Cadastre-se para receber nossas atualizações