Fale Conosco

Auto-promoção vs. Spam: saiba a diferença!

   21 Agosto, 2014 / por WSI Consultoria

|
|
AUTO PROMOCAO VS SPAM SAIBA DIFERENCA

Auto-promoção -vs. Spam-saiba-a -diferença!Ao tentar promover a sua marca on-line pode haver uma linha tênue entre a auto-promoção saudável, aquela em que seus clientes lembram da sua marca, ficam com vontade de interagir e satisfeitos de participarem; e o Spam, aquelas medonhas intervenções que acontecem quando menos convêm e que te dá vontade de desligar o computador. Como administrador de um nome no meio on-line, você precisa estar bem ciente dessa linha. É fácil praticar spam de forma não intencional, que é o que acontece com cerca de metade dos spammers, mas a outra metade são apenas trolls simples (se você não sabe o que são trolls, o Wikipedia te explica) que não têm escrúpulos em jogar links para todos os lados. Para não cair nessa armadilha da inconveniência, preste atenção nestas regras:

Essas coisas são boas (Auto-Promoção):

1. Usar códigos de desconto;

2. Ser ativo em outras comunidades sem postar links em conversas;

3. Ter links apropriados em sua assinatura de e-mail e / ou cartão de visita;

4. Construir um relacionamento antes de prospectar;

5. Envio de newsletters para fãs ou clientes que optaram por recebê-los;

6. Ter uma comunidade ativa e de seguidores não obcecados com promoções, no Twitter e Facebook.

Essas coisas não são boas (Spam):

1. O envio de e-mails em massa para pessoas que não optaram;

2. Quando a sua única participação em outras comunidades é comentar com um link ou um slogan;

3. Quando os seus feeds de mídia social não são nada além de prospecção e vendas;

4. Quando você tem alertas de pesquisa de palavra-chave em sua conta no Twitter para que você possa enviar imediatamente um link quando alguém menciona um de seus termos ou frases sinalizadas;

5. Você embosca as pessoas para clicarem em seu site através de anúncios confusos;

6. Você entra em sites e blogs similares/relacionados, apenas para bombardear o administrador do site com mensagens do tipo: "Oi, eu acho que você estaria interessado em (preencher o espaço em branco)".

Algumas, ou até várias destas diretrizes podem parecer óbvias demais para serem levantadas. Mas a verdade é que muitos profissionais realmente acreditam que o seu produto irá fazer vender dessa forma, que as pessoas só precisam de um empurrãozinho para conhecê-lo, e que uma vez que eles virem a conhecer, vão agradecê-lo por interromperem seu dia.

A verdade é que não, isso não cria uma clientela fiel. Hábitos saudáveis atraem clientes duráveis, e o marketing digital é uma ferramenta que pode ser usada para este bem, mas só se você se manter bem longe do maligno SPAM.

Tópicos: Search Marketing