Fale Conosco

Seu site está pronto para receber mais visitas do mobile?

   18 Agosto, 2017 / por Caio Cunha

|
|
SEU SITE ESTA PRONTO PARA RECEBER MAIS VISITAS DO MOBILE

Se você acompanha tendências de Marketing Digital, deve ter se deparado com a frase  "mobile first" para evidenciar que precisamos pensar primeiro no mobile e depois no desktop.

Mas o que isso quer dizer?

O termo foi cunhado pelo Google e evidencia que devemos nos preocupar com a experiência que o usuário terá ao navegar em nosso site por meio de dispositivos móveis.

Em 2015, o mobile ultrapassou o desktop em número de visitas. Em 2016, segundo pesquisa da We Are Social, 120 milhões de brasileiros tinham celular (o que representa 58% da população) e 76 milhões acessam a internet pelo celular. Consegue imaginar a dimensão desses números quando a pesquisa for atualizada em 2017?

Mobile é uma realidade e não pode mais ser desconsiderado pelas empresas. Para se ter uma ideia da importância do mobile, Fábio Coelho, presidente da Google no Brasil, disse em entrevista para O Globo que a maior aposta da empresa para os próximos anos é se tornar 100% mobile. “É questão de tempo ter todo o planeta com celular na mão.”.


Seu site está pronto para receber mais visitas do mobile?

 

O que a sua empresa está perdendo em não ter um site responsivo?

Não é porque seu site ainda não está adaptado para o mobile que isso irá atrapalhar os negócios da sua empresa, mas posso garantir que você está perdendo muitas oportunidades de negócios se o seu site não for responsivo ou se você não tiver uma versão mobile para o seu site.

Isso porque, de acordo com pesquisa realizada pela Ranking Web, a primeira posição nos resultados de pesquisa do Google no celular tem uma taxa de cliques de 31,35% e 48% dos consumidores iniciam pesquisas em dispositivos móveis com um mecanismo de pesquisa, como o Google, impactando diretamente no SEO do seu site e, consequentemente em suas vendas. (Smart Insights, 2016)

 

Veja alguns outros dados que demonstram a importância do mobile para empresas:

  • 75% dos usuários do Gmail acessam seus e-mails por dispositivos mobile;
  • 95% de todos os cliques realizados no Google Adwords vem por meio de acessos móveis;
  • Nos Estados Unidos, a renda dos e-commerces já depende em 30% do mobile;
  • Em 10 países do mundo as pesquisas realizadas no Google já são maiores nos aparelhos móveis do que no desktop;

É importante perceber que não estamos mais no momento em que o mobile é uma escolha, mas sim essencial para geração de negócios da sua empresa! Assim, volto à pergunta inicial deste texto:

 

O seu site está pronto para receber mais visitas do mobile?

Para conseguir um bom desempenho no mobile, não basta apenas ter um site responsivo que tenha bom posicionamento orgânico no Google e demais buscadores e campanhas de mídia focadas em mobile.

Do mesmo modo que o desktop possui suas regras específicas, na navegação mobile, também precisamos nos ater a determinados aspectos que irão impulsionar os sites responsivos. São eles:

AMP

AMP ou Accelerated Mobile Pages é uma codificação HTML criada pelo próprio Google que pode não apenas favorecer o seu posicionamento no buscador, já que será utilizado como critério de ranqueamento, mas também oferece uma experiência melhor aos usuários.

O objetivo dessa codificação é fazer com que o carregamento do seu site seja muito mais rápido quando estiver sendo acessado por dispositivos mobile, renderizando o seu conteúdo, comprimindo os códigos e ainda permitindo que os usuários gastem menos de suas bandas de internet, por não gastar tantos bytes para o download de cada página.

No Brasil, a velocidade de navegação pelo celular ainda é insatisfatória, então poder oferecer um site rapidamente e ainda auxiliar no seu rankeamento em SEO é fundamental.

Design responsivo

 

Tecnologia

Um fator muito importante, mas que nem sempre levamos em consideração na hora de desenvolver um site responsivo ou uma versão mobile do nosso site atual, são as tecnologias que estarão englobadas no carregamento do site e se elas serão compatíveis com todos os dispositivos (smartphones, tablets, desktop, etc.).

O uso de Java ou Flash, por exemplo, pode limitar os acessos ao seu site, além de prejudicar o posicionamento no Google, prejudicando o seu trabalho de SEO.

Acontece que muitos celulares podem possuir limitações a determinados tipos de tecnologia, tornando o site inavegável ou com restrição de informações para algumas pessoas. Então não adianta apenas pensar no design da página, é necessário avaliar as tecnologias utilizadas e pensar na usabilidade para o usuário.

O Google recomenda que sempre seja utilizado o HTML5, por ser compatível com todos os dispositivos e ter código aberto, facilitando o desenvolvimento de um site de alta performance, com codificação limpa, simples e carregamento rápido..

Conteúdo Duplicado

Ao criar uma versão mobile para um site existente corre-se o risco de criar subdiretórios ou subdomínios sem as suas configurações corretas.

Quando criamos uma repartição dentro da hospedagem para que o site mobile seja instalado (isso caso você opte por criar uma versão mobile do seu site ao invés de torná-lo responsivo), além de demonstrarmos que o site deve modificar conforme o equipamento, também precisamos codificar corretamente o site para que os buscadores entendam que trata-se do mesmo site, com duas versões, e por isso que seus conteúdos são iguais.

Se isso não for configurado corretamente, o Google pode entender que todo o seu site está duplicado, prejudicando não apenas o seu crescimento no mobile, mas também o que o seus esforços de SEO já tiverem adquirido no desktop. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de implementar os redirecionamentos.

Disponibilidade de Conteúdo

Existiu um momento do Marketing Digital em que se acreditava que os sites mobile, além de serem mais simples em seu layout, deveriam simplificar a informação. Por isso, encontramos sites mobile com uma página ou que possuem apenas metade de todas as páginas que a versão desktop possui.

Felizmente isso caiu por terra e não é mais praticado, ou não deveria. Vejam porquê:

  • O seu site mobile é lido do mesmo modo que o desktop;
  • Excluindo páginas, você está também diminuindo as suas possibilidades de ser encontrado quando alguém pesquisa por um serviço ou solução que você oferece, afinal, você não terá mais aquela página para oferecer como resultado na pesquisa do usuário.
  • Independentemente de qual dispositivo o usuário estiver utilizando, ele deseja ter informações completas. Você pode até otimizar o seu conteúdo mobile para que quando estiver sendo acessado por esse meio algumas informações relevantes virem primeiro, ou a organização dos elementos serem diferentes. Mas reter informação acreditando que alguém não irá querer ler por causa do tamanho da tela é abrir brechas para que o seu concorrente acabe saindo na frente e conquistando o cliente que poderia ser apenas seu.

 

Pronto para ter um site responsivo?

Mobile é fundamental para toda empresa que quer receber mais visitas e convertê-las em leads. Mobile é agora!

Se você está pronto para ter um site responsivo ou não tem certeza se o seu site é ou não adaptado para o mobile, a WSI pode ajudar.

Quer saber se o site é responsivo e se atende os critérios de SEO. Fazemos uma avaliação gratuita para você!

Solicite um Webscan


Caio Cunha

Sobre o autor:
Caio Cunha | Co-Founder WSI Consultoria

Executivo Internacional com experiência em capacitação empresarial, estratégias de Marketing Digital e Inbound Marketing. Tem como desafio cotidiano a busca por soluções efetivas para empreendedores e gestores que pretendem crescer e expandir seus negócios.

linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

Tópicos: Mobile Marketing, SEO