Fale Conosco

Conveniência e personalização: como criar campanhas mobile

   01 Julho, 2019 / por Caio Cunha

|
|
JUN01 WSI CONVENIÊNCIA E PERSONALIZAÇÃO COMO CRIAR CAMPANHAS MOBILE

O mobile é um caminho sem volta. Para ganhar relevância, porém, é preciso apostar em conveniência e personalização.

[SOCIAL]01-07

A difusão da tecnologia e do acesso a smartphones transformou por completo a nossa relação com a internet. Agora, queremos ter acesso a informações, produtos e serviços de forma fácil e rápida. Portanto, a conveniência se tornou uma exigência básica.

Assim como conseguimos pedir comida por aplicativos e o Netflix conhece nossos gostos melhor que nós mesmos, queremos nos relacionar com as marcas de uma maneira mais pessoal.

Com isso, as campanhas mobile precisam começar a receber a atenção devida. E, para tanto, é preciso focar em previsibilidade, personalização e fidelidade.

Caso contrário, a sua empresa estará cometendo o terrível erro de tratar o mobile assim como trata as mídias tradicionais. E, portanto, dificilmente terá resultados.

Conveniência é a palavra de ordem

A conveniência é determinante nas campanhas mobile. Afinal, 33% dos usuários estão dispostos a pagar mais para conseguirem o que desejam de forma mais rápida e ágil.

No entanto, o brasileiro não associa a conveniência a nenhuma marca específica ainda. O que significa que há um espaço enorme e bastante promissor a ser ocupado. E, portanto, para o desenvolvimento de estratégias que permitam construir conexões com os clientes.

Nesse sentido, a conveniência buscada pelos usuários nada mais é do que poder contar com alguém que resolva os seus problemas de maneira rápida. Para tanto, eles podem usar a tecnologia a seu favor para facilitar o processo e, assim, aproveitar melhor o pouco tempo que resta.

E é exatamente nesses princípios que as marcas precisam focar, especialmente nas campanhas mobile.

Como desenvolver campanhas mobile eficazes

Independentemente de a sua empresa ter ou não um aplicativo, é preciso pensar o mobile de uma maneira diferente do desktop.

Não basta replicar as campanhas e as estratégias. As características do canal devem ser consideradas para, assim, entregar mensagens coerentes e personalizadas.

1. Entenda o seu público

Cada persona interage com a tecnologia e com as mídias de uma maneira diferente e peculiar. Portanto, entender esse comportamento é essencial para basear as estratégias, conteúdos e ações.

É a partir desse conhecimento que também será possível oferecer mais valor ao usuário. E, consequentemente, entregar a conveniência tão desejada por eles.

Mesmo que o seu negócio atenda a um espectro variado de públicos, identifique um grupo com características ou desejos em comum. Assim, será possível direcionar todos os esforços para oferecer alto valor à eles.

2. Conveniência é sinônimo de personalização

O que a Uber, a Netflix e a Rappi têm em comum? A personalização. A partir da tecnologia e da inteligência de segmentação, essas empresas conseguem entender quem é cada um de seus usuários. E, assim, apresentar os serviços e opções de acordo com a preferência individual de cada um.

A Uber, por exemplo, já realizou uma campanha com variações dinâmicas de mensagens para diversos tipos de consumidores, como loucos por compras, amantes da música e viajantes a trabalho. No total, foram mais de 350 variações que permitiram entregar a mensagem certa para a pessoa certa.

A Netflix também divulga os seus lançamentos de catálogo de acordo com a preferência do usuário. Se você consome muita comédia, por exemplo, verá o trailer ou a arte de um novo filme com uma chamada voltada para o gênero.

A personalização é a grande chave para despertar o interesse e entregar conteúdo de qualidade ao seu público. Sem ela, é impossível oferecer conveniência e, consequentemente, suas campanhas mobile estarão fadadas ao fracasso.

3. Priorize a experiência do usuário

Pode parecer uma dica óbvia, no entanto, muitas empresas ainda insistem em criar campanhas mobile sem considerar as características dessa mídia. Com isso, os designs, as landing pages e os layouts oferecem péssimas experiências para os usuários.

É essencial que as ações mobile sejam pensadas para o mobile. E a navegação é totalmente diferente daquela que estamos acostumados no desktop.

Os elementos precisam ser facilmente identificados, o preenchimento de formulários deve ser mais simples e o carregamento de páginas deve ser rápido.

Disponibilizar CTAs para ligações também pode ser determinante em uma campanha mobile. Afinal, essa atividade facilita com que o usuário entre em contato com a empresa com apenas um clique.

4. Use relações de troca para fidelizar

Por fim, vale dizer que as relações de troca são excelentes para fidelizar clientes. Inclusive, no Brasil, 44% das pessoas estão dispostas a pagar por serviços premium que facilitem suas vidas.

Novamente, as empresas precisam assumir uma postura de facilitadoras das vidas de seus clientes. Portanto, associar a sua marca a experiências que ajudem os usuários a economizar tempo ou a outros benefícios é uma poderosa maneira de fidelizar clientes.

 

O mobile é um caminho sem volta em nossas vidas. E, a partir do momento em que ele tem um papel tão importante na sociedade, deixá-lo de fora da estratégia de uma Marketing é um grande erro.

Agora, é preciso pensar em maneiras de engajar e alcançar o seu público. Seja por meio de aplicativos ou de campanhas personalizadas.

O grande segredo está em buscar maneiras de facilitar a vida das pessoas. E isso só será possível com o apoio da tecnologia, da análise de dados e do monitoramento para aprimoramento constante.

4 dicas para ter mais foco no mundo mobile

 

sobre o autor:

 assinatura Caio

linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com 

 

Excel ROI

Posts Recentes

Newsletter