Fale Conosco

RD Summit 2018: fique por dentro!

   29 Novembro, 2018 / por Caio Cunha

|
|
RD SUMMIT 2018 FIQUE POR DENTRO 1

Conheça alguns dos principais destaques do Partner Day e do primeiro dia do RD Summit 2018, que contou com participação da WSI.

 WSI - 29-11

O RD Summit é um dos maiores eventos de marketing digital e vendas da América Latina. Na edição de 2018, a WSI teve a oportunidade de participar da reunião para parceiros e das palestras do primeiro dia.

Confira, a seguir, os principais insights que eu e a Ana Luiza, ambos diretores da WSI Consultoria, conseguimos extrair durante o evento.

Partner Day

O Partner Day acontece antes do evento aberto ao público e é exclusivo para agências parceiras da RD Station, que é uma plataforma de automação de marketing e Inbound Marketing.

O evento de 1 dia contou com a participação de 1.500 participantes e apresentou conteúdos relevantes para as agências, com foco em crescimento e entrega de resultados para clientes.

Além disso, foram apresentadas algumas novidades em primeira mão, como o anúncio de uma plataforma própria de CRM da RD e discutidas alguns dos das grandes dificuldades do marketing digital.

Os 4 pilares do Marketing Digital

Uma discussão bastante interessante do evento foi a dos 4 pilares do marketing digital, de acordo com Sir Martin Sorrell, fundador da WPP. São eles:

  1. Conteúdo: é o que deve permear a essência das agências. Para tanto, precisa ser baseado em dados e segmentação, mas sem perder a criatividade. O conteúdo ainda deve ser interativo e focado em conversão. Por isso, a grande questão está em como traduzir conceitos em conhecimento para as pessoas.
  2. Vendas: o marketing digital precisa tomar cuidado para não ficar apenas comunicando e deixar as vendas de lado. Por isso, é importante que a agência também participe desse processo ao lado da empresa. Com isso, o Inbound Marketing pode ser integrado a outras estratégias e colaborar para todo o processo de vendas.
  3. Escala: o marketing digital deve encontrar as melhores alavancas para conseguir escalar as vendas, seja por meio do aumento do portfólio ou pela qualificação dos leads gerados.
  4. Tecnologia: por fim, a transformação digital precisa ir além das ferramentas e transformar estas tecnologias novas em valor e aprendizado. Afinal, o objetivo é sempre vender!

Ainda falando sobre tecnologia, acho importante destacar alguns comentários do Daniel Leite, Google Cloud. Daniel falou sobre a importância de direcionar as empresas para os dados, como já contei um pouco no post Marketing data-driven e a maturidade digital da sua empresa.

Segundo ele, uma pesquisa feita pelo Google apontou que 63% das pessoas esperam que marcas usem seu histórico de compras para gerar experiências personalizadas aos seus clientes.
Para entender como isso funciona, podemos usar como exemplo uma simples venda de TV. Imagine que Talita quer comprar uma TV nova. E se você juntasse tudo o que sabe sobre Talita?

O que ela costuma comprar, cartões de crédito de marca própria, experiência de trocas e devoluções… Com estes dados, você pode não só oferecer a tv perfeita para seu perfil, como também pode oferecer produtos relacionados que ela também gostaria de ter, influenciando em sua compra. Para isso você precisa e já pode ter todas as informações disponíveis de uma forma integrada. A ideia é acabar com silos de dados.

Imgem 01

Além desse exemplo, é válido reforçar que hoje as empresas internacionais investem 8% do seu orçamento em marketing em análise de dados e a previsão é chegar em 22% nos próximos 3 anos.

Leia também: Qual deve ser seu budget de Marketing para 2019?

Novidades do dia 1 do RD Summit 2018

Como conquistar autoridade no Google

Um dos temas importantes debatidos no evento foi a análise de autoridade do Google a respeito dos sites. Para tanto, é preciso focar sempre em 3 vertentes: expertise, autoridade e confiança.

Para alcançá-las, no entanto, é preciso apostar em conteúdo de qualidade. Com isso, consegue-se menções em sites também relevantes, o que conta muitos pontos para a sua própria autoridade.

Aqui, a página de “sobre” da empresa também é vital. Afinal, é apresentando o histórico, visão e valores que as pessoas adquirem confiança na marca.

Funil de Mídia

Fábio Prado falou um pouco sobre Facebook Ads. O profissional chamou atenção para o fato de que o consumidor mudou. Portanto, o funil de mídia precisa acompanhar este novo comportamento.

rd summit

Para tanto, é vital mostrar mensagens específicas de acordo com o comportamento de cada pessoa. Para tanto, é preciso planejar e executar de acordo com as personas. Caso contrário, a sua estratégia dificilmente dará certo.

Fábio ainda apontou o já conhecido AIDA (atenção, interesse, desejo e ação) para nortear o funil e as estratégias de mídia.

Como vender mais e melhor

O funil de mídia, origina-se do funil de vendas. Eric Santos, CEO da RD Station, chamou a atenção para o fato de o cliente estar mais informado e ter mais poder em suas mãos. Por isso, é preciso focar na reputação da empresa e em manter o cliente engajado a longo prazo.

Segundo ele, há novas etapas no funil de vendas:

  • Descoberta e Aprendizado – “tópico interessante/quero aprender mais”
  • Reconhecimento do problema – tenho um problema que preciso resolver ou uma oportunidade que posso explorar
  • Busca de uma solução - já sei o que preciso para resolver esse problema ou atacar essa oportunidade
  • Avaliacao e Decisao – decidi por uma solucao e estou comprometido em faze-lo funcionar
  • Primeiro Valor – já consegui adotar um pedaço da solução e experimentar um primeiro benefício
  • Valor recorrente – essa solução já se tornou hábito e consigo ver benefícios
  • Impacto – virou um hábito
  • Evolução   

Sabendo diferenciar as necessidades do consumidor em cada uma dessas etapas permite melhor definir as atribuições e esforços necessários de marketing, vendas suporte a clientes e os passos mais recomendados para guiá-lo ao longo do funil.

 rd summit 2

Olhando sob um outro ângulo, com esse detalhamento, também , é possível melhor definir as atividades de marketing e vendas que se alocam em cada uma dessas fases. Isso permite reduzir o custo de aquisição do cliente, sua retenção e, consequentemente, lucrar mais. Um bom processo de vendas, assim, promete e entrega valor a todo momento.

rd summit 3

Robert Cialdini apresentou alguns princípios de influência social que podem ser aplicados ao processo de vendas. Entre eles, a reciprocidade, a escassez, a autoridade e a consistência.

Estes princípios, se usados corretamente, podem servir como gatilho para gerar ações e, consequentemente conversões.

 O que achou das novidades apresentadas no RD Summit 2018? Compartilhe as suas opiniões com a gente nos comentários!

 

CTA GUIA DE PLANEJAMENTO PARA 2019

 

sobre o autor:

assinatura Caio

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

Tópicos: Marketing, Marketing Digital

Excel ROI

Posts Recentes

Newsletter