Fale Conosco

Voice Search: qual o seu impacto na estratégia de marketing da empresa?

   08 Fevereiro, 2019 / por Caio Cunha

|
|
VOICE SEARCH QUAL O SEU IMPACTO NA ESTRATEGIA DE MARKETING DA EMPRESA

Em 2016, a Ana Luiza Cunha escreveu um blog post explicando “Como os mecanismos de voz impactam no SEO”. De lá para cá, o que mudou? Continue lendo este artigo para entender o impacto do voice search.

Voice Search: qual o seu impacto na estratégia de marketing da empresa?

 A cena já é bastante comum: a pessoa está dirigindo ou não pode escrever e recorre ao uso da voz para fazer uma pesquisa no Google. Entre as crianças que ainda não sabem escrever, a cena é mais comum ainda.

 Um terço de todas as pesquisas do Google no mundo são realizadas por voz. Isso exige uma mudança em nossas estratégias de marketing.

 

Vamos por partes, o que é pesquisa por voz ou voice search?

 Pesquisa por voz é aquela que fazemos tanto no Google quanto em nossos smartphones utilizando os assistentes virtuais, como Siri ou Cortana, ao invés de escrever o que precisamos.

 Behshad Behzadi, engenheiro do Google há mais de 10 anos, revelou na SMX West de 2018 que a pesquisa por voz no Google é a que cresce mais rápido entre os tipos de busca.

 “É uma experiência mágica. Basta pegar seu telefone e perguntar sobre as coisas ao seu redor ”, diz Behshad.

 57a32f92-7cce-4491-b38d-eef385ca5e30

Segundo ele, 55% dos jovens e 41% dos adultos já usam as pesquisas por voz no dia a dia e, segundo a Comscore, até 2020 mais da metade de todas as consultas serão feitas por pesquisa por voz. Outros dados interessantes reunidos pela Hubspot e outros:

  •  20% das consultas de pesquisa no aplicativo para dispositivos móveis do Google e em dispositivos Android são pesquisas por voz. (Search Engine Land, 2016)
  • O número de consultas de voz aumentou 3.400% entre 2008 e 2017. (HubSpot, 2017)
  • O Google afirma que sua precisão de reconhecimento de voz está agora em 92%. (Campanha, 2017)
  • Dois terços das pessoas que usam assistentes de voz digital, como o Amazon Echo ou o Google Home, usam seus smartphones com menos frequência. (CNBC, 2018)
  • 19% das pessoas usam Siri pelo menos diariamente. (HubSpot, 2015) 37% usam a Siri, 23% usam a Microsoft da Cortana e 19% usam a Alexa da Amazon pelo menos uma vez por mês. (HubSpot, 2015)

 Leia também: Inteligência Artificial: o que é e suas aplicações em negócios

 

Mas o que isso significa e qual o impacto para o Marketing?

 Quando as pessoas passam a pesquisar utilizando a voz ao invés de digitar, o comportamento do usuário muda. As pessoas tendem a detalhar mais o que estão procurando, usando frases mais longas e específicas, as conhecidas palavras-chave de cauda longa.

 Dessa forma, suas campanhas de Marketing Digital precisam prever essa mudança, tanto em anúncios de Google Ads quanto na criação de conteúdo e SEO, afinal, se as buscas dos usuários mudaram, nossas respostas precisam mudar também.

 Por exemplo, digitando, é mais provável que a busca seja "preço tenis nike modelo x", e a pesquisa por voz seja: "qual o preço do nike modelo x"

 Não que a busca por voz seja falha, na verdade, segundo Behshad o erro de reconhecimento de fala é menor que 8%. O Google tem investido bastante em aprender sobre conversação para que os robôs entendam cada vez melhor o contexto das pesquisas.

Para se ter uma ideia, em 2016, o Google introduziu em sua inteligência artificial mais de 3.000 romances para melhorar a pesquisa por voz.O objetivo era que os robôs aprendessem a entender pesquisar menos factuais e mais soltas, interpretá-las e retornar resultados com um discurso igualmente natural.

 

4 Dicas para adequar suas campanhas de Marketing Digital para as buscas por voz

 shutterstock_1119422930-1

1. Foque no interesse do seu consumidor

É muito importante entender o seu público-alvo, suas buscas e até a sua maneira de falar para conseguir criar conteúdos que respondam em linguagem mais natural.

 Por isso, é essencial criar o que chamamos de buyer persona, ou seja, a personificação da sua persona ideal. A estratégia começou a ficar conhecida com as campanhas de Inbound Marketing, mas hoje é impensável qualquer campanha de marketing digital sem uma persona bem desenhada.

 Baixe grátis o Guia da WSI para criar sua buyer persona

 

2. Otimize seu conteúdo para esse tipo de busca

As buscas por voz contém mais palavras-chave cauda longa e com perguntas. Então, otimize e crie novos conteúdos pensando nesse tipo de buscas, com uma linguagem mais natural e acessível.

Estruture o conteúdo do site respondendo às perguntas e utilizando palavras-chave de cauda longa. Uma dica aqui é utilizar ferramentas que identifiquem o que e como os usuários estão buscando na internet e criar os textos com base nisso.

Além disso, como a Ana Luiza explicou em seu post de 2016 sobre o assunto, “o objetivo dos mecanismos de voz é fornecer uma resposta rápida e imediata.”. Dessa forma, precisamos preparar nosso conteúdo para responder às perguntas.

 Mas, atenção, lembre-se que a linguagem natural não significa necessariamente uma linguagem coloquial ou simples. O tom da conversa deve combinar com a imagem da sua marca.

  

3. Use Featured Snippet

 O Featured Snippet é uma caixa exibida como resultado para uma pesquisa acima de qualquer outro elemento, muitas vezes com mais destaque do que até mesmo os anúncios. Por isso, os sites que ocupam esse espaço são considerados como ocupantes da posição “zero” da SERP.

Normalmente, é o site ocupante do featured snippet que é entregue como resultado pelo assistente de voz do dispositivo usado. Por isso, buscar esse destaque é ainda mais importante na busca por voz.

Para, isso, é fundamental que o conteúdo esteja estruturado para responder às perguntas dos usuários.

Leia mais sobre On-SERP SEO no blog da WSI World.com

4. Aposte em conteúdos por voz

 Se as buscas por voz estão aumentando, faz sentido que entreguemos mais conteúdos por voz também.

Podcasts ou mesmos blog posts com aplicativos que leem o texto para o usuário, são excelentes alternativas.

Esse tipo de conteúdo auxilia as pessoas que tem pouco tempo disponível para ler e que gostam de ouvir materiais interessantes enquanto estão caminhando, dirigindo, cozinhando.

 

Sua empresa está preparada para as buscas por voz?

Para as empresas que já adotam uma estratégia de Inbound Marketing, de Marketing de Conteúdo, SEO ou que já conhecem bem suas personas, as buscas por voz não são um grande problemas.

Todas essas estratégias já tem como cerne as buscas do usuário, seus interesses e como pesquisam no Google. Esse é o primeiro passo para quem quer se preparar para as buscas por voz, que não são apenas uma tendência, mas já acontecem todos os dias, como demonstra os dados apresentados no começo desse post.

Lembre-se:

  • Foque no usuário e em suas dúvidas, como ele pesquisa isso.
  • Responda suas dúvidas de maneira simples, direta, com linguagem natural, como em uma conversa
  • Adeque os tons do seu conteúdo e suas palavra-chaves
  • Prepare o SEO do seu site
  • Utilize outros formatos de conteúdo, como podcasts e transcrições de blog posts.

Pronto para começar? Vamos lá! ;)

 

CTA 4 dicas mobile-1

 

 

Sobre o autor:

assinatura Caio

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

 

Tópicos: Inteligência Artificial

Excel ROI

Posts Recentes

Newsletter