Fale Conosco

8 dicas imperdíveis para sua campanha de links patrocinados vender mais neste Natal

   08 Dezembro, 2016 / por Ana Luiza Cunha

|
|
8 DICAS IMPERDIVEIS PARA SUA CAMPANHA DE LINKS PATROCINADOS VENDER MAIS NESTE NATAL

Você precisa vender mais e em um curto período de tempo, certo? Da mesma forma, existem milhares de pessoas procurando por presentes de natal nos buscadores nesse exato momento! Isso quer dizer que elas precisam comprar um presente e tem pouco tempo disponível, afinal, o Natal já está chegando.


8 dicas imperdíveis para sua campanha de links patrocinados vender mais neste Natal

Portanto, o processo de decisão desse comprador é menor (ele já sabe que precisa de um presente e já tem algumas ideias do que pretende comprar e está procurando a loja ou e-commerce que melhor atenda suas necessidades).

Assim, quando a pessoa estiver realizando a pesquisa, você passa a ter muito mais chances de ser considerada em seu processo de compra se você aparecer nos resultados daquele busca com a resposta do que ela está procurando.

Como estamos com o tempo curto, o planejamento deve englobar ações práticas e que rapidamente possam gerar resultados para o seu negócio. Neste caso, uma boa campanha de Links Patrocinados deve ser seu foco. Por isso, hoje darei 7 dicas imperdíveis  para você utilizar nesses últimos dias antes do Natal e assim conseguir potencializar suas vendas e resultados.

 

1. Explore a sensação de urgência em seus anúncios

Estamos há poucos dias do Natal. Isso quer dizer que se a pessoa quer comprar um presente, ela precisa correr. Então, explore a sensação de urgência nos textos dos seus anúncios, como por exemplo:
  • Últimas peças para o Natal
  • Entrega garantida para o Natal com compras até dia 21

Reforce esse argumento com banners em seu site. Os produtos estão acabando e as pessoas precisam correr se não querem ficar sem presente.

 

2. Promoções, promoções e mais promoções

Dizem por aí que o Papai Noel não passará este ano no Brasil, mas isso é uma mentira. Somos um povo animado, que gosta de confraternizar, celebrar o Natal e presentear quem amamos.

Por isso, nesse Natal, as pessoas estarão mais do que nunca atrás de oportunidades, ou seja, promoções! Na Black Friday deste ano, segundo o Ebit, o varejo online vendeu R$1,9 bilhões, o que representa uma alta de 17% em relação a 2016. Isso nos mostra que as pessoas estão sim dispostas a comprar, mas estão pesquisando mais e sendo mais criteriosas no momento da compra.

Se você está com uma parte do estoque parada, esse é o momento de criar uma categoria especial de Natal e nela inserir “Promoções de Natal” para liquidar esses produtos. É claro que você não precisa sacrificar sua margem e fazer isso com todos os produtos, mas as promoções servem como isca para atrair mais pessoas para o site e, muitas vezes, essas pessoas acabam optando por comprar produtos que não estão em promoção.

Portanto, crie uma categoria nova, organize o que está ou não em promoção e faça anúncios no Google e redes sociais para que as pessoas saibam disso!

 

3. Frete Grátis

Duas palavras tão curtas, mas que podem fazer toda a diferença na hora de um usuário finalizar uma compra.

Sabemos que o frete grátis implica em uma logística que não é tão fácil dependendo do tamanho do seu e-commerce, porém existe uma alternativa bastante comum e que pode não só atrair seus clientes como também ajudar você a vender seu estoque: frete grátis condicionado ao valor da compra. Ou seja, você estabelece um valor e as pessoas não pagam o frete a partir desse valor.

Lembre-se apenas que esse valor deve ser coerente com o valor dos produtos do seu site para que essa oportunidade seja realmente atrativa para quem está comprando. Além disso, não esqueça de comunicar isso ao público na “home” do site, em anúncios, e-mail marketing e redes sociais.

 

4. Entre no clima do Natal com landing pages personalizadas

Pode parecer bobagem, mas o espírito natalino contagia as pessoas e as fazem lembrar das coisas boas dessa época, incluindo os presentes. Personalize o seu site para essa ocasião tão especial, criando banners e landing pages específicas. Algumas ações que você pode incluir em suas campanhas são:
  • Montar Kits: selecione alguns produtos que podem virar um ótimo presente junto, e ofereça-os como sugestão para seus usuários com desconto especial se comprar tudo, pode ter uma página apenas para kits prontos.
  • Seleções especiais: nada mais fácil do que entrar em um site e ter sessões como presentes para pais, mães, namorada, namorado, irmão, etc. Além de facilitar a vida do usuário, os seus anúncios podem também ser direcionados para quem estiver procurando presente específico para uma pessoa.
  • Combos: leve 4 pague 3, uma promoção que não tem erro, pois ajuda quem precisa comprar presentes para muitas pessoas (como presentes para professores) Esses combos podem entrar na promoção e podem ser um diferencial que destaque os seus anúncios quando elaborados.

Ah, não se esqueça de utilizar o link dessas landing pages em sua campanha de PPC de Natal!

 

5. Crie anúncios para cada etapa do funil8 dicas imperdíveis para sua campanha de links patrocinados vender mais neste Natal

Em Inbound Marketing, dividimos os usuários em Topo de Funil, Meio de Funil e Fundo de Funil. Isso quer dizer que os usuários de topo de funil ainda estão no início da sua pesquisa, verificando o que podem comprar, as pessoas do meio de funil, já sabem melhor o que querem e estão verificando as opções disponíveis e as pessoas de fundo de funil já sabem o querem e estão aptas a comprar.

A gestão de links patrocinados também pode, e deve, ser feita dessa maneira. Assim, criamos campanhas sub-divididas e que impactem a pessoa de acordo com o seu momento de compra. Afinal, não faz sentido entregar o mesmo anúncio para uma pessoa que esteja já certa de sua compra e uma que só esteja comparando produtos.

E como conseguimos identificar em qual etapa do funil de compras este usuário está? De acordo com as palavras-chave que ele digita no buscador. Vamos exemplificar:

  • Topo de funil:  o usuário que digita “celulares baratos” está procurando por modelos de celular dentro de uma  faixa de preço mais em conta para avaliar qual melhor atende suas necessidades.
  • Meio de funil: o usuário busca por “moto g x galaxy s7”, ou seja, ele já aprofundou sua pesquisa e está entre dois modelos de celular.
  • Fundo de funil: o usuário pesquisa por “celular samsung j7 preço”, então já sabe o produto que deseja comprar e está apenas avaliando qual loja oferece o melhor valor.

Assim, fica fácil perceber que os leads do topo e meio de funil ainda não estão prontos para compra e se forem impactados pelo anúncio errado provavelmente não irão clicar no anúncio ou, pior ainda, clicar e logo sair do site. Uma boa opção para esses casos é oferecer um link que o ajude em sua decisão de compra. No caso dos celulares, uma página do blog que tenha um comparativo dos produtos e no final do texto uma chamada para ação que o leve à compra, é uma boa opção.

Para a pessoa que está no fundo do funil, ofereça uma landing page específica do produto que ela quer compra, pois não há nada mais chato do que desejar um produto e cair na home do site, o que obriga o usuário a pesquisar o produto novamente dentro do site e acaba desestimulando-o.

Leia também: Como aumentar as chances de conversão da sua Landing Page ou do seu site

 

6. Remarketing

Se as pessoas estão pensando mais antes de fazer uma compra, é fundamental que elas se lembrem do nosso produto e site durante o seu processo de decisão de compra. Por isso, é criar campanhas de remarketing no Google Adwords e Facebooks Ads ajudam muito a convencer clientes que estão em processo de decisão. Dessa forma, todas as pessoas que visitarem seu e-commerce serão impactadas por anúncios tanto na rede social quanto em sites terceiros, como portais, fazendo assim com que elas lembrem do seu produto!

A vantagem dessa dica é que quando você pratica remarketing, você sabe exatamente a página de produto que foi visitada e será mais assertivo em seu anúncio. Lembre-se de aplicar as dicas anteriores como: sensação de urgência, promoções, frete grátis, tentando assim rebater as objeções que o levaram a não finalizar a compra na primeira visita.

 

7. Disponibilize mais verba para a sua campanha de Natal

Se você tiver uma verba de marketing guardada, aproveite para utilizá-la em sua campanha de natal, pois com mais dinheiro, maiores serão suas chances de aparecer nos resultados dos anúncios. Essa dica vale para qualquer outra data sazonal que seja importante para você. Portanto, se você vende edredons, guarde uma verba para anunciar mais pesado durante o outono e inverno.

Uma consultoria em links patrocinados pode falar qual o melhor orçamento para o seu caso de investimento em uma campanha, mas existem cálculos que você mesmo pode fazer, tendo como base quantas visitas deseja ter e o quanto deseja vender. Se você quiser saber mais sobre esse assunto, sugiro leitura desse post: Quanto devo investir na minha campanha de Adwords?

 

8. Personalize os títulos dos produtos para o Google Shopping

Essa é uma dica especial para quem irá investir em Google Shopping, que é uma ótima oportunidade de negócio, pois os anúncios da ferramenta aparecem antes mesmo dos anúncios padrões do Google Adwords. Além disso, os anúncios do Shopping tem um apelo visual mais forte, já que aparece a imagem do produto no resultado da busca, além de informações como preço, facilitando a vida do usuário.

O algoritmo do Google Shopping funciona influenciado principalmente pelo título dos produtos. Assim, se você vende “Nike Air”, provavelmente você não irá colocar "tênis" no  título do produto, mas as pessoas muitas vezes utilizam esse termo em sua pesquisa. Então, se você modificar o título inserindo o termo, poderá aparecer melhor nos resultados de pesquisas.

 

Pronto para vender mais neste Natal?

Se você gostou das dicas do post de hoje e sente-se pronto para otimizar suas campanhas de links patrocinados para poder vender muito mais neste Natal, mãos a obra! Mas, se você está inseguro, ainda não tem uma campanha no Google Adwords ou não tem equipe interna para te ajudar com as demandas que uma campanha bem gerida de links patrocinados exige, podemos te ajudar!


Checklist Adwords


Assinatura

Sobre o autor:
Ana Luiza Cunha Consultora de Marketing Digital WSI Consultoria

Experiência em Gestão de Projetos de TI, ingressou em Marketing Digital em 2009, tendo se especializado em Inbound Marketing e SEO (Otimização de Sites), sempre com a intenção de entregar os melhores resultados para seus clientes.

linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: [email protected]

Tópicos: Links Patrocinados, PPC

-->
Excel ROI

Posts Recentes

Newsletter